Facções

Por Leandro Leite 12 de dezembro de 2011 Editar postagem
Olá Hunters! Estou aqui para continuar a série de ensaios sobre as sociedades do pós-apocalipse. Se você ainda não leu a série pode se interar nesse, nesse e nesse artigos para saber como começar sua própria sociedade anti-apocalipse. Mas é importante não só começar como também manter sua sociedade, e depois de estabelecida o e bem desenvolvida o que virá a seguir? A luta pela sobrevivência coletiva. A sobrevivência individual será conseguida nos primeiros meses quando tudo for um grande pandemônio e todos vocês leitores do ZH vão sobreviver. Mas em seguida virá a sobrevivência coletiva.
A grande ameaça para essa sobrevivência serão outros humanos que também se organizarão e formarão grupos, milícias e até safecamps inteiros! E o mais comum é que a competição por recursos acabe criando tensões entre esses grupos. Por isso Hunter, caso você seja o líder do conselho de algum safecamp tenha em mente as seguintes dicas:

Diplomacia
Todos os vivos devem se unir para sobreviver. Talvez nem todos habitem no mesmo espaço, dentro das mesmas cercas, mas sem dúvidas devem estar unidos. Por isso nem pense em atirar primeiro e perguntar depois, sabe-se lá se no acampamento vizinho não tem um médico? Ou quem sabe eles tenham medicamentos que o médico do seu acampamento possa usar para o bem de todos? Quando maior for sua teia de influência menor é a possibilidade de você ficar sem recursos, sem falar que um eventual grupo hostil pensaria duas vezes antes de desafiar você e sua aliança. Mas uma boa diplomacia nos leva ao próximo ponto.

Siga no Twitter - @Zumbi_Hunter / @LeandroLeite_

Barganha
A barganha vai ser essencial para se manter boas amizades em tempos de necessidade. Fato é que ninguém vai querer um amigo que dá mais despesas do que ganhos. Por isso tenha a certeza de ter algo importante para barganhar. No mundo pós-apocalíptico não só bens materiais e comida servirão para trocas, apesar de serem muito valiosos para tal, ter um bom médico ou um mecânico, combustível, itens de higiene e algum tipo de produção (uma plantação, por exemplo) podem ser algumas cartas na sua manga. Mas lembre-se de se ater à ética, o mundo pode estar acabando, mas nunca use seus civis como moeda de troca, e nem aceite outros como mercadoria. Seja um amigo que supre a necessidade em tempos difíceis, e pode ter certeza que quando precisar suprirão a sua. E também nunca use armas como moeda de troca. Por mais valiosas que elas sejam você pode acabar criando um desequilíbrio de poder se perder suas armas, e pior, se passá-las para outro.

Estabilidade
Você deve comandar um grupo estável de pessoas. Deve garantir que ninguém passe fome, fique doente ou infeliz. Mesmo os civis, por mais inúteis que pareçam, podem ser perigosos quando irritados. Mantenha o povo bem alimentado e entretido, faça com que eles saibam que a vida vai ser muito pior lá fora, e não o contrário. Isso vai garantir a fidelidade deles e evitar que vendam os segredos da sua safecamp para outros, ou que desertem para ir lutar por quem der mais comida. Seja acima de tudo gentil e justo, não humilhe ninguém publicamente. Garanta que eles vivam em um lar. Um acampamento instável é um barril de pólvora e um alvo fácil para um conquistador.

Força
Se todas as dicas acima foram seguidas, mas mesmo assim você ainda está diante de um oponente hostil não restará opção senão usar a força. É diferente encarar um oponente vivo, e ainda mais se estiver armado. Por isso muita cautela é necessária, se assegure de ter um bom gerente de caça para te auxiliar nesse combate. Treine com regularidade não só contra mortos, mas também contra os vivos, e como dito mantenha uma boa rede de alianças.
Essas são as dicas básicas para você manter boas relações com as várias facções que se formarão quando a ordem ruir. Conforme elas crescerem será inevitável se relacionar com elas, para o bem ou para o mal.
Foto
Autor
Leandro Leite, universitário, tentando entender como o mundo funciona e como se incluir nele com eficiência. Interessado por nerdismo desde que me entendo por gente, sempre curioso. Acredito que conhecimento nunca é demais.Saiba mais...
Feed Delicious Digg Facebook Twitter Orkut
  • Leia o artigo antes de chegar aqui.
  • Comentários com críticas construtivas, elogios e sugestões sempre são bem vindos. Mas educação é bom e aqui também é necessário. Se você não concorda com alguma coisa, saiba como fazê-lo.
  • NÃO ESCREVA EM CAIXA-ALTA.
  • Não coloque o link do seu blog dentro do comentário ou qualquer outro link, pois ele será editado ou apagado.
  • Os autores se reservam do direito de excluir comentários ofensivos, com palavrões, spam ou anônimos e de editá-los sem nenhum aviso prévio.
  • Não escreva em internetês, com miguxês ou com erros bizarros de Português.
  • Seja o primeiro a comentar!

    Postar um comentário

    ATENÇÃO, HUNTER!


    Para que a interação no blog seja a melhor possível, tenha em mente as seguintes regras:
    - Não poste como anônimo, pois seu comentário será EXCLUÍDO. Logue-se em algum sistema ou deixe nome e URL, que pode ser o seu Twitter;
    - Não ofenda, não use palavras de baixo calão, não escreva com miguxês, internetês e similares. Escreve no bom Português;
    - Isso aqui não é uma Democracia nem a casa da mãe Joana, pois comentários que estejam fora do assunto do blog, que venha com links, spam ou qualquer outra coisa que não esteja nos conformes, será EXCLUÍDO;
    - Não deixe seus links aqui. Isso não é página de recados;
    - Nossas postagens estão protegidas, leia a nossa Licença;


    Obrigada!